Blog da Univittá

Como devo tratar minha égua recém parida?O que faço para garantir a saúde do potro e a égua?

Como devo tratar minha égua recém parida?O que faço para garantir a saúde do potro e a égua?

Após o parto as exigências nutricionais das éguas aumentam muito, pois além de recuperar toda energia gasta para gerar e parir sua cria ela agora terá que sustentar um potro com o que ela tem de melhor. Para tanto, a boa condição sanitária e a nutrição adequada é fundamental tanto para saúde da mãe como para o desenvolvimento do potro.

Ter um volumoso de qualidade, uma suplementação mineral adequada e o acesso a uma ração balanceada tende a ser suficiente para os animais nessas condições, mas muitas vezes as condições que temos disponíveis não são ideais por todo o tempo, o que nos faz pensar em utilizar suplementos que otimizem esses resultados, o que não é nada mau.

Para a nutrição de uma égua recém-parida a sugestão é que o animal seja vermifugado e que a melhor fonte de volumoso seja disponibilizada com fartura juntamente com o acesso a água. Sobre a suplementação mineral, é importante que seja dada misturada na ração a fim de garantir a ingestão forçada de uma quantidade mínima pela fêmea, pois essa suplementação é fundamental tanto para mãe como para o potro.

Sobre a ração proporcionar rações comerciais poderá sair barato lá na frente. Muitas vezes quando misturamos não balanceamos adequadamente ou limitamos ingredientes que podem ser fundamentais para o desenvolvimento do potro e garantir a saúde da égua.

Usar aditivos e/ou suplementos funcionais nessa faze poderá ajudar muito. Esses produtos como o Pro-Sacc auxiliam o funcionamento do organismo melhorando a absorção dos nutrientes e vitaminas, fazendo com que qualquer variação de fonte nutricional seja imperceptível pelo animal. O Pro-Sacc no período pós parto da mãe propicia o aumento da passagem de imunidade e produção de leite, característica essa documentada em inúmeros trabalhos sobre a levedura viva Saccharomyces cerevisiae.

Nos potros o efeito do Pro-Sacc é conter os distúrbios gastrointestinais como as diarreias e fazer com que os animais antecipadamente se alimentem de alimentos sólidos, melhorando assim o aproveitamento dos nutrientes e consequentemente melhorando o desenvolvimento.

Caso a égua apresente ainda sim uma carência no consumo de energia expressada pela perda de peso ou pela dificuldade de atingir o peso ideal para o momento, o uso de suplementos funcionais energéticos se faz necessários, como o E-Power, uma fonte altamente calórico e de excelente palatabilidade funcionando como além de fonte de energia um estimulador voluntário de alimento, e o GamaRice, um suplemento funcional a base óleo degomado de arroz, produto muito bem metabolizado pelos equinos e que vem enriquecido de vitamina E, prebióticos e probióticos.

Ferramentas não faltam e a forma saudável de desenvolver seu animal depende de você!!

Saiba onde comprar produtos Univittá:
Encontre o revendedor mais próximo.
Compartilhe este post:

Postado Por: Allan Rômulo

Allan Rômulo
Medico Veterinário, empresário fundador da Univittá Saúde Animal, pós graduado em administração de empresas pela FGV. Formulador e desenvolvedor de tecnologias para nutrição animal, com experiência em marketing veterinário e venda de produtos de conceito.

Leia Também:

Gostou deste post? Deixe seu comentário