Blog da Univittá

O que é Erva Baleeira ou Cordia Verbenacea?

O que é Erva Baleeira ou Cordia Verbenacea?

Tradicionalmente usada na medicina popular dos caiçaras brasileiros (comunidades litorâneas) como cicatrizante e, principalmente, como antinflamatório natural no tratamento de artrites, contusões, dor muscular, reumatismo, etc. A Erva baleeira é conhecida assim por ser comumente usada por pescadores em lesões e traumas causados pela pesca e por ser muito abundante nas regiões litorâneas.

 

Nos anos de 1990 e 1991, o farmacologista Sertié, e o bioquímico Sylvio Panizza, ambos da Universidade de São Paulo, publicaram estudos sobre a ação antinflamatória da Erva baleeira.

 

Em 2004, pesquisadores Universidade Federal de Santa Catarina, Universidade Federal de São Paulo, PUC-Campinas e Universidade de Campinas em parceria com um importante Laboratório Farmacêutico, finalizaram a pesquisa na qual o alfa-humuleno encontrado no óleo essencial foi identificado como ativo responsável pelas propriedades terapêuticas desta planta.

Hoje, a Erva baleeira é indicada nos casos de artrite, artrose, tendinite, dores miofasciais, LER (lesão por esforço repetitivo) e outros processos inflamatórios dolorosos.

 

Dentre os compostos desse óleo essencial, o principal é o alfa-humuleno, um poderoso antinflamatório que atua bloqueando a enzima Ciclo-oxigenase 2 (responsável pela produção de prostaglandinas, substâncias responsáveis por inflamações e seus sintomas).

 

O mecanismo de ação do alfa-humuleno extraído da Cordia é o mesmo de antinflamatórios e analgésicos produzidos pela indústria farmacêutica, como o diclofenaco, com a vantagem de não existirem efeitos colaterais relacionados ao uso tópico da Erva Baleeira relatados até o momento.

 

A inflamação é uma reação do organismo frente a uma agressão ou a uma lesão. Envolve diversas reações bioquímicas cuja missão é conter e isolar a lesão, destruir microorganismos invasores, inativar toxinas e conseguir o reparo e a cura. No entanto, este processo é nocivo, e pode causar lesão progressiva do órgão e perda de sua função.

 

O alfa-humuleno presente na Erva baleeira atua impedindo a atividade de uma enzima chamada cicloxigenase 2 (COX-2), enzima responsável pela produção de prostaglandinas (uma das substâncias responsáveis pelas reações inflamatórias e seus sintomas), assim como outros antinflamatórios e analgésicos já existentes no mercado, como o ácido acetilsalicílico, porém, sem efeitos indesejáveis e sendo NO DOPING.

Saiba onde comprar produtos Univittá:
Encontre o revendedor mais próximo.
Compartilhe este post:

Postado Por: Allan Rômulo

Allan Rômulo
Medico Veterinário, empresário fundador da Univittá Saúde Animal, pós graduado em administração de empresas pela FGV. Formulador e desenvolvedor de tecnologias para nutrição animal, com experiência em marketing veterinário e venda de produtos de conceito.

Leia Também:

Gostou deste post? Deixe seu comentário