Digestibilidade e palatabilidade de glicerina na dieta de pôneis

Digestibilidade e palatabilidade de glicerina na dieta de pôneis


Glicerina bruta tem um potencial para ser usada como um aditivo nutricional e/ou como substituto de alguns componentes da ração. Embora seja atestado em algumas espécies de animais, não foi reportado o seu uso em cavalos. O objetivo deste estudo foi determinar o efeito da adição de diferentes níveis de glicerina bruta para a digestibilidade e palatabilidade dos nutrientes na dieta de equinos. Oito pôneis castrados foram usados para esse estudo, com idade de 9 anos, pesando 149.80 ± 17.20 Kg e com score corporal de 5.4 ± 0.7. Foi usado um moderno delineamento em quadrado latino de 4 x 4 com design experimental duplo. As dietas eram diferenciadas nos níveis de inclusão de glicerina (0, 4, 8 e 12%) sobre o concentrado. Foi avaliado o total aparente de digestibilidade dos nutrientes, para verificar o efeito da adição de glicerina bruta na dieta. Os dados foram analisados usando o Sistema de Análise Estatísticas (SAS Inc., 2010). Para a análise de significância estatística, o teste de Tukey foi usado com P < 0.05. A análise da digestibilidade mostrou que a adição de glicerina, mesmo com níveis diferentes na dieta, não afetou o consumo de ração e aparentemente nem as variáveis de digestibilidade e fermentação total do trato (P > 0.05). Adicionalmente, nenhuma diferença foi encontrada nos valores entre os tratamentos para glicose e insulina (P > 0.05). Neste estudo a adição de glicerina, mesmo na quantidade de 12%, não afetou a aceitabilidade e digestibilidade dos nutrientes da dieta. Esses resultados são encorajadores, mas ainda são necessárias mais pesquisas para esclarecer os níveis adequados de inclusão e/ou substituição usando este produto.


GOBESSO, A. A. O.; et al.

Digestibility and palatability of adding crude glycerin to diet of ponies


Crude glycerin has a potential for use as a nutritional additive and/or substitute for some feed components. Although proven in some animal species, there are no reports of its use in horses. The aim of this study was to determine the effect of adding different levels of crude glycerin on the digestibility and palatability of nutrients in the equine diet. Eight pony geldings were used in this study, aged 9 years, weighing 149.80 ± 17.20 kg andbody condition score 5.4 ± 0.7. A contemporary Latin square 4×4 double experimental design was used. Diets differed in the level of inclusion of glycerin (0, 4, 8 and 12%) over the concentrate. To verify the effect of adding crude glycerin to the diet, the total apparent digestibility of nutrients in the diet was assessed. Data were analyzed using the Statistical Analysis System (SAS Institute Inc., 2010). For statistical significance, Tukey test was used with P < 0.05. Digestibility analyses showed that glycerin addition, even at different levels in the diet, did not affect the feed intake nor the apparent variables of digestibility and fermentation of the total tract (P > 0.05). Additionally, no differences were found between treatments for glucose and insulin values (P > 0.05). In this study the addition of glycerin, even at the amount of 12%, did not affect the acceptability and digestibility of nutrients in the diet. These results are encouraging, yet more research is needed to clarify the appropriate levels of inclusion and/or substitution using this product.




Clique aqui para baixar o PDF
Saiba onde comprar produtos Univittá:
Encontre o revendedor mais próximo.
Dr. Alexandre Augusto de Oliveira Gobesso
Dr. Alexandre Augusto de Oliveira Gobesso

Prof Dr. Alexandre augusto de Oliveira Gobesso Médico Veterinário - Universidade Estadual de Londrina – 1988 Mestre em Medicina Veterinária/Nutrição Animal - Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia /USP – 1997 - Doutor em Zootecnia/Produção Animal Fac. de Ciências Agrárias e Veterinárias/Unesp/Jaboticabal/SP – 2001 Livre Docente - Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia /USP – 2009 Professor Responsável pela Disciplina: Produção de Equinos - Curso de Medicina Veterinária Professor e Orientador - Mestrado e Doutorado na Área de Nutrição e Produção Animal - Pesquisador Responsável - Laboratório de Pesquisa em Saúde Digestiva e Desempenho de Equinos - Departamento de Nutrição e Produção Animal - Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia/USP - Campus de Pirassununga/SP

Mais artigos deste autor
Leia Também
Por que o MOS Pet® é capaz de melhorar a imunidade do seu animal?
Por que o MOS Pet® é capaz de melhorar a imunidade do seu animal?

Leia neste artigo, como e porque ocorre o aumento da imunidade quando oferecemos MoS pet para os animais.

Até quando meu cavalo pode crescer?
Até quando meu cavalo pode crescer?

Muita gente procura saber até que idade seu cavalo vai crescer, mas para responder essa pergunta temos que estudar o contexto em que ela é feita, uma vez que inúmeros fatores podem interferir no desenvolvimento ou no crescimento do animal.

Gostou deste post? Deixe seu comentário